Rua Bispo Dom José, 2711 Seminário - Curitiba/PR
Seg-Sex: 08:00 - 18:30
28 maio 2015
dr joao guilherme congresso APO

Dr. João Guilherme de Moraes realiza palestra congresso APO

Dr. João Guilherme de Moraes CRM 16712 realiza duas palestras no 40º Congresso da APO (Associação Paranaense de Oftalmologia), as palestras foram: Tratamento Farmacológico das Doenças Retinianas – Triancionolona e Ozurdex no tratamento de uveítes, no qual o Dr. João Guilherme de Moraes explica como os medicamentos podem auxiliar na melhora de casos de uveítes. A segunda palestra foi o Curso de Retina: Angiografia, no qual o Dr. Ensina as técnicas de diagnostico do exame de Angiografia Ocular, que é muito importante para o diagnóstico de diversas doenças da retina.

O 40º Congresso da APO aconteceu em Curitiba nos dias 8 e 9 de maio e teve a participação de centenas de Oftalmologistas que buscam aprimoramento técnico e as novidades de técnicas cirúrgicas praticadas dentro e fora do Brasil.

O Dr. João Guilherme de Moraes tem participação constante em eventos internacionais visando trazer para o Brasil as técnicas mais inovadoras e eficazes nos tratamentos de doenças da retina.

25 maio 2015
dr joão gulherme de moraes

Dr. João Guilherme de Moraes ministrou aula no 40º Congresso da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo

Dr. João Guilherme de Moraes ministrou aula no 40º Congresso da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo realizado em Florianópolis, nos dias 18 e 20 Abril, o evento reuniu médicos especialistas em Retina e Vítreo do Brasil e de outros países, como Canadá, Estados Unidos, Europa, Japão e América Latina. O Evento é um dos mais tradicionais do Sul do Brasil e se caracteriza por difundir conhecimento para a sociedade médica, atualizando sobre novos temas e técnicas.

Os especialistas que ministram aulas são convidados por sua notoriedade e experiência no campo de atuação. O Dr. João Guilherme de Moraes comentou que o evento é importante porque traz novidades cientificas para os profissionais brasileiros, e essa troca de conhecimento melhora a qualidade do atendimento prestado para os pacientes. Estar na vanguarda do conhecimento atualmente é uma meta constante em nosso trabalho afirma o médico especialista em retina.

17 maio 2015
BANNER RETINA O QUE É

Entenda o que é a Retina

A retina é uma das membranas do seguimento posterior do olho, que tem a função de transformar o estímulo luminoso em um estímulo nervoso e enviá-lo ao cérebro, para que as imagens sejam lidas. A membrana nervosa do olho é ligada desde o nervo óptico até a pupila. São dez camadas, dos quais se destacam o epitélio pigmentário que é a camada externa, e a camada sensorial, composta de foto-receptores.

retina
Isso quer dizer que a retina é a parte do olho responsável pela formação de imagens, ou seja, pelo sentido da visão. Sendo como uma tela para projetar as imagens enxergadas, que retém as imagens, traduzindo para o cérebro através dos impulsos elétricos enviados pelo nervo óptico ao cérebro.

Fundus_photograph_of_normal_left_eye
O aparelho que possibilita que o médico oftalmologista examine a retina é o oftalmoscópio, que enxerga o fundo do olho.

 

O estudo do fundo do olho serve como referência para enxergar duas estruturas importantes, que são a papila e a mácula. A primeira corresponde ao ponto em que o nervo óptico se continua com a retina, enquanto que a segunda representa o ponto mais sensível de toda a retina. Na retina estão cerca de 120 milhões de foto-receptores, que são os cones e bastonetes, responsáveis por liberar moléculas neurotransmissoras a uma taxa que é máxima na escuridão e diminui de um modo proporcional com o aumento da intensidade luminosa.

 

Na retina pode ocorrer uma patologia ocular chamada retinopatia diabética, que é causada por pacientes que tenham diabetes. Isto se dá quando um material anormal é depositado nas paredes dos vasos sanguíneos da retina que é a região conhecida como “fundo de olho”. Isto causa o estreitamento e às vezes bloqueio do vaso sanguíneo, além de enfraquecimento da sua parede, o que ocasiona deformidades conhecidas como micro-aneurismas. Esta doença só pode ser diagnosticada pelo médico oftalmologista em um exame ocular completo e, após isso ser feito um tratamento adequado para solucionar o problema.

17 maio 2015
banner descolamento de retina

Descolamento de Retina é uma doença grave

O descolamento de retina acontece quando a retina se solta da coroide, camada composta de vasos sanguíneos. Quando a retina descola da coróide ele começa a perder nutrição.

O descolamento da retina pode ser considerado um caso de urgência em oftalmologia. Os sintomas são variados e incluem perda de visão em “cortina” moscas, relâmpagos, ou outras alterações.

 

deslocamento-da-retina curitiba

Algumas causas de descolamento de retina são miopia, trauma, movimentos bruscos com a cabeça, diabetes, mas em algumas pessoas ela ocorre espontaneamente.

O médico especialista consegue detectar afincamentos e buracos na retina em pacientes ainda sem descolamento de retina, e um tratamento preventivo com laser pode ser feito com grande eficiência.

deslocamento retina curitiba2

Com o diagnóstico de descolamento de retina, o paciente deve ser submetido à cirurgia para reparo do descolamento, caso contrário perda da visão permanente ocorrerá. Infelizmente mesmo com a retina novamente colada pode haver alguma sequela na visão.

Além disto, em uma minoria dos pacientes há uma forma de rejeição e o organismo descola a retina mesmo após várias cirurgias e ocorre cegueira total.

15 mar 2015
RETINA CURITIBA CIRURGIA instituto

Retina Curitiba Instituto especializado em Retina

As Cirurgias realizadas no Centro de Tratamento Especializado em Retina Curitiba tem como premissa melhorar a qualidade de vida do paciente e oferecer o melhor tratamento disponível para as diversas doenças que podem acometer a retina.

Nosso centro cirúrgico possui equipamentos de última tecnologia que garante maior confiabilidade nos resultados bem como um pós operatório mais satisfatório para o paciente.
Os profissionais que atuam em nosso Centro Especializado possuem mais de 15 anos de experiência no tratamento e na realização de cirurgias, além de serem profissionais altamente atualizados, pois participam em Congressos e Especializações todos os anos.

Por isso nosso Centro oferece tratamento especializado e avançado em cirurgia da retina.
com mais de 6 mil procedimentos realizados com sucesso temos o orgulho de oferecer um serviço de qualidade e confiança para nossos pacientes.

15 mar 2015
retina curitiba diabetes

A retina pode ser prejudicada pela diabetes mal controlada

A retina pode ser prejudicada pela diabetes mal controlada

 

A Diabetes atinge cerca de 347 milhões de pessoas, segundo dados da OMS, quem tem diabetes deve fazer exame de fundo de olho pelo menos uma vez por ano afirmam especialistas da Retina Curitiba.

A Diabetes é uma doença que atinge cerca de 347 milhões de pessoas no mundo, segundo dados da Organização Mundial da Saúde, se bem controlada a diabetes não prejudica  a qualidade de vida do paciente, porém, se o controle adequado não for realizado, o paciente portador de diabetes por ter problemas na visão.

 

A visão é prejudicada porque o diabetes provoca alterações nos vasos sanguíneos dos olhos,  esses vasos são bem pequenos, pode causar também pequenos rompimentos que dificultam a irrigação de certas áreas da retina, o que leva a retinopatia diabética, uma das principais causas de cegueira em pacientes com diabetes.

 

A Retinopatia Diabética pode causar lesões como um derrame de sangue, que provoca manchas na retina e são prejudicais a visão, por isso diabético precisa fazer sempre acompanhamento com um oftalmologista e realizar exames de fundo do olho, além de controlar a doença regularmente.

Segundo o Dr. João Guilherme de Moraes, em alguns casos os vasos danificados pela Diabetes podem ser “cauterizados”, com um tratamento a laser, nessa situação a mancha da retinopatia Pode melhorar ou simplesmente estagnar e não evoluir, em casos mais graves o paciente pode até mesmo perder a visão, caso não receba o tratamento adequado.

Por isso se você possui diabetes ou tem um parente próximo, indique a Retina Curitiba que é um conceituado instituto de atendimento especializado em doenças do fundo do olho, o Dr. João Guilherme de Moraes e sua equipe irão oferecer um tratamento avançado e de excelente qualidade para o paciente.

Ligue a marque uma consulta pelo: (41) 3242-0108

08 mar 2015
dr joao guilherme de moraesdr joao guilherme de moraes

Dr. João Guilherme de Moraes Especialista em Retina

Dr. João Guilherme de Moraes Especialista em Retina
Dr. João Guilherme de Moraes Especialista em Retina – CRM 16712

Especialidades

  • Retina
  • Vítreo

Formação e Qualificação

  • Formado pela PUC-PR em 1997 e Pós Graduado pela UFMG em 2001, foi responsável pelo setor de Retina e Vítreo da Santa Casa de Curitiba e Hosp. Universitário Cajuru e hoje é responsável pelos mesmos setores na Oftalmoclínica Curitiba.
  • Responsável pelo setor de Retina e Vítreo da Oftalmoclínica Curitiba
  • Formado em Medicina pela PUC-PR 1992/1997
  • Residência em Oftalmologia pela PUC-PR 1998/1999
  • Fellowship em Retina e Vítreo no Instituto da Visão em BH 2000/2001
  • Pós-graduando nível doutorado pela UFMG
  • Preceptor da residência médica em Oftalmologia da PUC-PR
  • Responsável pelo setor de Retina e Vítreo da Santa Casa de Curitiba e Hosp. Universitário Cajuru
  • Responsável pelo setor de Retina e Vítreo da Oftalmoclínica Curitiba

Participação em Congressos Nacionais e Internacionais

Lista dos últimos congressos

EURETINA – European Society of Retina Specialists

  • 11th EURETINA Congress – 26 a 29 Maio de 2011, Londres Inglaterra
  • 12th EURETINA Congress – 6 a 9 setembro de 2012, Milao Italia
  • 13th EURETINA Congress – 26 a 29 setembro de 2013

ASRS – American Society of Retina Specialists

  • 31th ASRS Annual Meeting – 24 a 28 de agosto de 2013, Toronto Canada

SBRV – Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo

  • 36 Congresso da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo – 20 a 22 de abril de 2011, Campo Grande MS
  • 37 Congresso da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo – 12 a 14 de abril de 2012, Rio de Janeiro RJ
  • 38 Congresso da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo – 11 a 13 de abril de 2011, Belo Horizonte MG

CBO – Conselho Brasileiro de Oftalmologia

  • XXXVI Congresso Brasileiro de Oftalmologia – 5 a 8 de setembro de 2011, Porto Alegre RS
  • XX Congresso Brasileiro de Prevençao da Cegueira e Reabilitaçao Visual – 12 a 15 de setembro de 2012, Sao Paulo SP
  • XXXVII Congresso Brasileiro de Oftalmologia e XXX Congresso Pan-Americano de Oftalmologia – 7 a 10 de agosto de 2013, Rio de Janeiro RJ
19 fev 2015
banner exames

Exames retina Curitiba

O Centro de Tratamento Avançado de Retina Curitiba possui um setor de exames com os melhores equipamentos mais avançados e de última tecnologia.

Os exames são realizados por médicos especializados com ampla experiência em cirurgia que permite um diagnóstico de melhor qualidade e confiança.

visucam realiza angiografia e retinografia

Atendemos diversos convênios e nossa equipe de atendimento é qualificada para dar todo o suporte necessário para o paciente, atendendo com qualidade e segurança.

Conheça mais sobre os exames que realizamos em nossa clínica:

Angiografia de Retina – Angiofluoresceinografia

Estéreo Foto da Papila

Fundoscopia

Mapeamento de Retina

OCT – Tomografia de Coerência Óptica

Pentacam

Retinografia

 

Estereo foto da papila
Estereo foto da papila
01 fev 2015
BANNER DMRI

Pesquisa revela que brasileiro desconhece a DMRI

Pesquisa revela que brasileiro  desconhece a DMRI – Degeneração Macular Relacionada a Idade

Uma pesquisa realizada em 2014 pelo instituto Retina Brasil em parceira com Bayer HealthCare, identificou como está o conhecimento dos brasileiros sobre a saúde ocular e sobre doenças ligadas a retina.

Segundo a pesquisa 81% das pessoas nunca ouviram falar em DMRI (Degeneração Macular Relacionada a Idade), um índice muito alto sobre o conhecimento dessa doença que acomete milhões de brasileiros com idade acima de 65 anos.

Esse é um dado muito relevante pois a DMRI atinge milhões de pessoas e a cada ano o número de casos irá aumentar, porque a faixa da população que pode desenvolver a doença tem idade acima de 65 anos, logo com o envelhecimento da população brasileira em ritmo acelerado teremos um cenário com muitos casos da doença.

O diagnostico tardio e a falta de prevenção podem prejudicar o tratamento dos pacientes, é urgente que as pessoas de alguma forma busquem esse tipo de informação e que a entidades públicas e civis auxiliem na divulgação de informações sobre a doença.

A Retina Curitiba por sua vez tem como finalidade informar a população através da internet e se faz necessário o compartilhamento deste tipo de informação.

Leia mais sobre DMRI no link

Call Now Button