Em 2018, o Destino Iguaçu será sede do 43º Congresso Brasileiro de Retina e Vítreo, evento que reúne anualmente os maiores especialistas brasileiros e internacionais na área de retina. A escolha de Foz do Iguaçu aconteceu no último congresso realizado no final de abril desse ano, em Santa Catarina, e contou com o apoio decisivo do Dr. João Guilherme de Moraes, representante paranaense membro da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo, e embaixador do Destino Iguaçu.

O Congresso deve reunir em Foz do Iguaçu mais de mil pessoas durante três dias. A previsão é de que este movimento gere um impacto econômico de R$1.200.000 – valor que leva em conta a estimativa de gasto médio diário do turista de eventos no Brasil.

O processo de captação iniciou-se após o trabalho rotineiro de pesquisa do departamento de eventos do ICVB, que identificou sua potencialidade e a possibilidade de apresentar o Destino Iguaçu como futura sede. Ao elencar um membro ativo da sociedade no Paraná foram realizados diversos contatos, para que o envolvimento do representante estadual auxiliasse no processo de candidatura.

No início de abril, uma equipe formada pelos coordenadores de Eventos do ICVB, Alexandre Jung e Patricia Marafigo, esteve em Curitiba para algumas visitas às entidades de classe, associações e organizadoras para prospectar novos eventos a serem realizados em Foz do Iguaçu. Entre as visitas, a equipe conversou com o Dr. Moraes para alinhar a possível candidatura de Foz do Iguaçu como sede do congresso.

O resultado veio na forma de conquista. Entre os dias 18 e 20 de abril, o Dr. Moraes foi embaixador do Destino Iguaçu durante o 40º Congresso Brasileiro de Retina e Vítreo, onde foi possível identificar a possibilidade de captar o congresso para 2018. Com o suporte e apoio do ICVB, o doutor apresentou formalmente a candidatura, que foi definida em reunião de diretoria, a qual também elegeu este representante como Presidente do 43º Congresso Brasileiro de Retina e Vítreo – 2018 / Foz do Iguaçu.