Saiba como tratar a degeneração macular relacionada à idade

 

Com a idade é preciso redobrar os cuidados com a saúde para garantir a qualidade de vida e isso significa fazer exames regulares para cuidar da saúde. Dentre os problemas que podem surgir está a degeneração macular relacionada à idade que pode afetar gravemente a visão do paciente. Saiba o que é e como tratar a degeneração macular relacionada à idade.

Visão com DMRI
Visão com DMRI

O que é a degeneração macular relacionada à idade

A degeneração macular relacionada à idade é uma doença que acomete a parte central da retina, a membrana na parte posterior do olho onde estão localizados os fotossensores responsáveis por transmitir e converter os estímulos externos na visão propriamente dita. A degeneração macular ocorre na parte chamada de mácula, e pode levar à perda total da visão.

Fatores de risco da degeneração macular relacionada à idade

Além de ser encontrada com mais frequência entre pessoas com mais de 50 anos, outros fatores de risco da degeneração macular relacionada à idade são pele clara, olhos verdes ou azuis, dietas ricas em gordura, tabagismo, doenças circulatórias, estresse, obesidade, exposição solar excessiva sem proteção, dieta com deficiência de vitaminas e minerais e predisposição genética.

Tipos de degeneração macular relacionada à idade

A degeneração macular relacionada à idade possui dois tipos: a degeneração macular seca e a do tipo úmida ou exsudativa.

  • Seca

A degeneração macular relacionada à idade do tipo seca acontece, de acordo com o Dr. João Guilherme de Moraes, devido a um depósito de restos celulares no fundo do olho cujas formações de gordura que se acumulam sobre eles, chamadas de drusas, são responsáveis pela degeneração da mácula.

Segundo o Dr. João Guilherme de Moraes é o tipo mais comum da doença, manifestando-se em 90% dos casos. Além disso, esse tipo de degeneração pode levar a um descolamento de retina.

  • Úmida

Já a degeneração macular relacionada à idade do tipo úmida é a mais grave, mas também a mais rara entre os pacientes. Nesses casos, alguns vasos anormais crescem sob a mácula e terminam derramando sangue ou outros líquidos na porção central da retina, afetando a visão de maneira mais intensa.

Conforme nos explicou Dr. João Guilherme de Moraes a forma úmida atinge uma menor parcela da população, mas é muito mais agressiva e prejudica a visão, a boa noticia é que existem tratamentos eficientes para este tipo de Degeneração Macular.

retina curitiba degeneracao macular relacionada a idade

Sintomas da degeneração macular relacionada à idade

Os principais sintomas da degeneração macular relacionada à idade são a distorção na visão central, como o aparecimento de manchas, perda de foco ou distorção de linhas retas. O Dr. João Guilherme de Moraes também aponta para a possibilidade da perda de visão periférica e do campo visual em geral.

Diagnóstico da degeneração macular relacionada à idade

O diagnóstico da degeneração macular relacionada à idade deve ser feito por um oftalmologista especializado em retina, sendo feito com testes como a medida da acuidade visual, mapeamento da retina e biomicroscopia da retina, por exemplo.

Além disso, podem ser feitos testes específicos como com a tela de Amser, que serve para identificar distorções de linhas retas na visão.

degeneracao macular dr joao guilherme de moraes

Tratamento da degeneração macular relacionada à idade

O único tipo de degeneração macular relacionada à idade que possui tratamento é o tipo úmido, já que quanto à degeneração macular relacionada à idade seca ainda não há nenhum tratamento conclusivo para a redução do tamanho das drusas.

Assim, o tratamento da degeneração macular relacionada à idade pode ser feito com uma injeção intravítrea para impedir a formação de novos vasos sanguíneos sob a retina. Esses medicamentos também são conhecidos como ANTI-VEGF, o Dr. João Guilherme de Moraes já realizou milhares deste tipo de procedimento, ele nos contou que o procedimento é eficiente e o paciente não sente dor, é muito seguro e as pesquisas e resultados obtidos são promissores.

Como prevenir degeneração macular relacionada à idade

Com a mudança de hábitos também é possível prevenir a degeneração macular relacionada à idade, como ao parar de fumar, adotar uma dieta saudável, controlar seu peso e visitar um oftalmologista com freqüência.

 

Dessa forma, a degeneração macular relacionada à idade deve ser diagnosticada precocemente, sendo possível incluir uma mudança para hábitos mais saudáveis, prevenindo o aparecimento da doença e diminuindo os fatores de risco.