É notório que a visão é um dos sentidos mais importantes para o ser humano. Alguns estudos indicam que nossa percepção do ambiente se dá em 85% do tempo através dos nossos olhos.

Muitas pessoas não sabem, mas a parte mais importante para nossa capacidade de enxergar é o fundo do olho. Conhecida como RETINA, essa região é composta por um tecido nervoso cheio de células fotossensíveis que captam a luminosidade e a transformam em impulsos elétricos que serão enviados ao o cérebro, formando a visão.

As doenças que atingem a retina geralmente afetam as células fotossensíveis, prejudicando muito a visão. Uma vez que essas células não se regeneram, uma vez afetadas, a visão dificilmente poderá ser restabelecida.

Felizmente, muitos tratamentos eficientes têm surgido para as doenças da retina. O Dr. João Guilherme Moraes, especialista em retina, relata que medicamentos conhecidos como ANTI-VEGF são capazes de bloquear o avanço de doenças que até pouco tempo tinham tratamentos pouco eficazes. O uso da tecnologia 3D para as cirurgias de retina também é uma inovação que melhora vários aspectos importantes durante o procedimento de vitrectomia, por exemplo.

Para diagnosticar as doenças nos primeiros estágios, quando as chances de tratamento são maiores e os resultados mais satisfatórios, o mais importante é visitar regularmente seu oftalmologista.